sexta-feira, 2 de abril de 2010

Geografia: Definição

Inicialmente definida como o estudo da superfície da Terra
GEO = TERRA – GRAFIA = DESCREVER
• Nasceu na Grécia com Heródoto (484-420 a.C) fundador da geo gegional - observando as cheias do rio Nilo e a formação dos solos férteis às suas margens.
• Erastostenes (276 – 194 a . C) criou a geo Geral ou matemática e inventou o primeiro sistema de coordenadas geográficas com paralelos e meridianos.
• Na idade média a contribuição mais importante foi a de Marco Polo (1254 – 1324) trazendo do oriente para Europa mercadorias e técnicas inovadoras.
• Na idade moderna, com as Grandes Navegações e o Renascimento, as mais importantes conquistas foram a descoberta e o mapeamento de novas terras, a invenção da imprensa que facilitou a difusão de informações, o aperfeiçoamento da cartografia e o nascimentos das concepções heliocêntricas (o Sol é o centro );
• Immanoel Kant (1724-1804), o fundador da Geo Moderna afirmou que a Geografia estuda as coisas associadas ao espaço , sendo uma ciência de síntese (unindo várias ciências) e descrição (que apenas enumerava, mas não analisava seu objeto)
• No início da Idade Contemporânea surgiu a doutrina do DETERMINISMO, segundo o qual o homem seria resultado exclusivo das forças da natureza ou seja, do meio em que vive. Com o desenvolvimento da biologia no séc. XIX, após Darwin, muitos estudiosos passaram a explicar todas as diferenciações humanas através das forças da natureza.
• Com a revolução Industrial veio também o desenvolvimento científico e econômico e a Geografia, na Alemanha, passou a ser vista como ciência onde foram estabelecidos seus primeiros principios científicos e metodológicos.
• A Escola Geográfica Alemã ficou conhecida como DETERMINISTA, pos seus seguidores acreditavam ser o homem determinado pelo meio natural. Seus maiores expoentes foram:
• HUMBOLDT - (1769-1859) – fundador da biogeografia - propunha que o geógrafo realizasse uma observação sistemática da natureza e dela retirasse através de raciocinio lógico, a explicação dos fenômenos, suas causas, consequências e conexões;
• KARL RITTER (1779-1859) – 1º professor universitário de geografia – desenvolveu a geografia Humana – afirmava que o papel do geógrafo é o de gravitar entre o homem e a natureza, dois termos perpetuamente associados;
• RATZEL (1844-1904) – Afirmava que era importante estudar Geografia Humana para entender a influência do meio sobre a formação das idéias das sociedades que nela viviam. Acreditava que o homem estava submetido às forças da natureza, criando espaços onde se organizavam as sociedades e os Estados. Assim, se o homem é determinado pelo meio, a sociedade e o Estado também o são. Então o espaço é vital para a existência do Estado, portanto seu domínio torna-se fundamental. Essa teoria viria mais tarde se constituir na base ideológica para a expansão imperialista.
• Séc. XIX, em oposição à filosofia determinista, desenvolveu-se a ESCOLA FRANCESA POSSIBILISTA, que defendia a idéia que o homem era capaz de transformar o meio ambiente, segundo seu grau de domínio da tecnologia;
• La Blache continuou com a base empirica de coleta da dados (metodo alemão), mas se apoiu em uma lógica que afirmava ser a sociedade um todo único formado por partes que compõem uma unidade estável e harmônica.
• A GEOGRAFIA MODERNA – Na década de 50, nasceu nos Estados Unidos a New Heograph, que serviu para análise e dominação do espaço e foi utilizada como instrumento de apoio para o expansionismo Norte Americano. Com o desenvolvimento da cartografia aeroespacial e da computação essa forma de geografia atingiu seu auge usando modelos matemáticos altamente complexos.
• GEOGRAFIA NOVA OU MARGINAL – Desenvolvida Paralelamente a New Geography, que era apontada como geografia do Imperialismo – recebeu influência do socialismo e terceiromundismo. – seus maiores foram os franceses:
• Pierre George – rompeu com a metodologia tradicional e analisou os sistemas econômicos (socialismo e Capitalismo) e as relações de dominação e subordinação (desenvolvimento e subdesenvolvimento – para essa escola a geografia de cada país depende de seu sistema econômico;
• Yves Lacoste mostrou que o que distingue os homens são as condições econômicas de sua existência, sendo a história a base da geografia.
• Após a II Guerra Mundial alguns geógrafos passaram a denominar o conjunto das concepções geográficas de GEOGRAFIA TRADICIONAL, propor sua renovação e buscar novos caminhos medotológicos – isso praticamente encerrou o período da Geografia tradicional.
• A GEOGRAFIA CRÍTICA: Passou a defernder a transformação da realidade usando o conhecimento geográfico como ferramenta. – essa postura deu um caráter político para o conhecimento cientifico geográfico, colocando-o como um meio de luta para uma sociedade mais justa.
• MILTON SANTOS argumenta que o espaço geográfico é produto da ação humana que cria uma natureza socializada e que pode ser explicada através do estudo da produção. Assim, cria-se e transforma-se constantemente o espaço geográfico de acordo com o grau de tecnologia, tipo de cultura e as formas de organização social e política de cada agrupamento humano, criando espaços diferentes. A modernização não atinge todos os lugares ao mesmo tempo, pois o capital investe e desenvolve certas áreas segundo seus interesses, criando diferentes níveis de desenvolvimento. Isso significa que o capital atende a seus interesses e não os da sociedade. A Geografia Crítica torna-se um instrumento de análise e conscientização da realidade, contribuindo para a construção da cidadania.

10 comentários:

  1. é tudo bem definido mais ainda não é o que eu estava procurando

    ResponderExcluir
  2. ainda não é exatamente o que procuro!

    ResponderExcluir
  3. nao entendi nada
    só fez me confundir mais

    ResponderExcluir
  4. esta merda de site so fez me confudi mais vou na wikipédia que explica muito melhor

    ResponderExcluir
  5. nossa eu tava procurando outra coisa so fes mi confudir mas que sit horril!!! aguete procura uma coisa e aparece outra!!! que merda.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom esse site. Aprendi a diferenciar as diversas fases da geografia., as quais nem sabia que existiam, pois o estudo da geografia de hoje é bem melhor do que no tempo em que eu estudava. Pena que os jovens de hoje em dia não dão valor ao estudo. Obrigada, professor.

    ResponderExcluir
  7. esse site é tudo de bom,para quem le com atenção e realmente ta afim de estudar....parabens professor

    ResponderExcluir
  8. me ajudou muito entender alguns livros, obrigado

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua crítica ou opinião