sexta-feira, 2 de abril de 2010

A Geomorfologia

A Geomorfologia é a parte da Geografia Física que se dedica à análise da gênese e evolução do relevo terrestre.
A análise das formas de relevo pressupõe uma descrição do modelado e uma consideração dos complexos físicos e fisico-biológicos. Pressupõe ainda um conhecimento geológico razoável, bem como noções sobre os processos morfoclimáticos atuais e pretéritos.
As divisões da Geomorfologia:
A Geomorfologia Geral objetiva estudar as formas de relevo originadas pela interação dos processos endógenos e exógenos estabelecendo métodos de investigação e cartografia do relevo.
A Geomorfologia Regional analisa a disposição das grandes formas de relevo numa determinada região, buscando compreender sobretudo a história evolutiva da compartimentação geomorfológica.
A Geomorfologia Aplicada visa à aplicação dos conhecimentos para a solução dos problemas econômicos ligados ao relevo.
A antiga divisão estabelecida entre Geomorfologia Estrutural e Geomorfologia Climática justifica-se, na atualidade, apenas para atender aos objetivos meramente didáticos, haja vista que a Geomorfologia Geral a englobou.
O objeto de estudo da Geomorfologia:
O objeto de estudo da Geomorfologia é o relevo da superfície do planeta, em seus aspectos genéticos, cronológicos , morfológicos, morfométricos e dinâmicos. Esse objeto ocorre numa zona de contato entre entre a litosfera , a atmosfera e a biosfera. A porção mais superficial da litosfera , palco dos fenômenos geomorfológicos, está submetida às ações de forças opostas desencadeadas em cada meio em que se encontram. Materializa-se , assim, a lei dialética da luta dos contrários, que permite descobrir as causas do eterno movimento e desenvolvimento do mundo natural.
O relevo terrestre corresponde ao conjunto de reentrâncias e saliências observadas na superfície do planeta, formado por inúmeros processos. Esses processos podem ser provenientes do interior da Terra ( endógenos), englobando os movimentos tectônicos as manifestações vulcânicas , e das forças externas à litosfera , mediante interferências dos fenômenos climáticos , da gravidade e da cobertura vegetal. O relevo terrestre é um dos mais importantes componentes do quadro natural. As suas peculiaridades condicionam a distribuição dos solos , a vegetação e até algumas possibilidades de aproveitamento dos recursos hídricos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua crítica ou opinião inteligente;